O que acontece quando você se apaixona, mas depois vê que não é o relacionamento que acreditava estar? Quando percebe que não era aquilo que tanto esperava?

Uma frase que faz muito bem a ideia sobre relacionamento entre duas pessoas é a seguinte: “Você deve aprender a levantar da mesa quando o amor não for mais servido”.

Muitas coisas tendem a acontecer quando você se da conta de que o “cupido te flechou”. Pode ser que você pense que seja algo passageiro, e que passará, mas pode se algo planejado pelo destino.

Decidimos então viver a história, não adiá-la. Vivemos a história, nos conhecemos, experimentamos o relacionamento, a paixão cresce… tudo parece se encaixar.

E então chega o momento em que alguém se pergunta, tenta entender se essa é realmente a história da sua vida, se está construindo algo diferente do que antes, algo único. A esta altura você está dançando conforme a música, tudo é bonito e perfeito, mas isso pode não ser viver um compromisso.

Isso mostra que dançamos conforme as situações, que algo real foi mal interpretado, com um desejo de preencher um vazio… o risco de machucar seu companheiro e a você mesmo nessa aventura sem sentido aumenta, mas você não desiste.

Nem sempre é fácil ou óbvio sair, por isso é importante entender algumas lições. Tenha clareza sobre si mesmo; Momentos felizes não podem se tornar desculpa para ver nada além de desejo; Construir um relacionamento deve ser uma escolha compartilhada, não uma obrigação.

Não é justo se manter em algo que não tem-se os mesmos objetivos, dividir os mesmos sonhos. Pense nisso.

Texto adaptado do site Giorno dopo giorno

RECOMENDAMOS



Flores e Poesias
Textos que perfumam a alma e a vida.

COMENTÁRIOS