A Colômbia amanheceu com a notícia de que seu livro “Cem Anos de Solidão”, uma das obras mais importantes da literatura universal, teve os direitos adquiridos pela plataforma de conteúdos Netflix para transformá-la em série televisiva.

“A Netflix adquiriu os direitos da obra-prima ‘Cem anos de solidão’, de Gabriel García Márquez e vai adaptá-la para uma série. Isso marca a primeira e única vez em mais de 50 anos em que a família do autor permite que um projeto seja adaptado para a tela’, tuitou a plataforma em uma de suas páginas oficiais no Twitter.

Publicado em 1967, “Cem Anos de Solidão” causou um enorme impacto na América Latina, que estava pontilhada de ditaduras. A narrativa em tom quase mítico versa sobre os Buendía e apresenta o universo da fictícia Macondo, onde se passa o romance. É lá que o leitor acompanha diversas gerações dessa família, assim como a ascensão e a queda do vilarejo. A trajetória daquele vilarejo e daquele clã se confunde com a história do próprio continente, marcada, no período, por um sentimento geral de opressão e de impotência, com as denúncias de corrupção, exploração, genocídios e totalitarismo.

Entre as principais obras de Gabriel estão “Crônica de uma Morte Anunciada”, “O Amor nos Tempos do Cólera”, “Ninguém Escreve ao Coronel”, “Notícia de um Sequestro” e “Memórias de Minhas Putas Tristes”.

RECOMENDAMOS


Flores e Poesias
Textos que perfumam a alma e a vida.

COMENTÁRIOS