Uma vacina, que já foi testada com sucesso em laboratório para prevenir ou retardar o câncer em cães, deverá ser testada em breve, em humanos.

Os pesquisadores da Universidade Estadual do Arizona e da Universidade Estadual do Colorado estão se preparando para testar uma droga que espera treinar o sistema imunológico para reconhecer e atacar uma parte específica das células cancerígenas.

A vacina deverá ser testada primeiro em cães.

“Embora a eficácia tenha sido demonstrada no laboratório, passar imediatamente para um estudo humano muito grande, caro e demorado é um salto difícil de justificar. Testar esta abordagem em cães servirá como a ponte perfeita para estudos em humanos.

Além disso, se for bem sucedido, teremos uma nova ferramenta para a prevenção do câncer em nossos animais de estimação, décadas antes de estar disponível para seres humanos.”

A vacina, que ainda não foi publicamente nomeada, pretende trabalhar treinando o corpo do cão para atacar epitopos em células tumorais.

Os epítopos são partes de estruturas encontradas do lado de fora dos tipos de células que acionam o sistema imunológico para atacá-los.

O dr. Stephen Johnston, do estado do Arizona, desenvolveu a vacina encontrando dezenas de epítopos que foram encontrados nas células cancerosas de oito das formas mais comuns da doença.

Isso significaria que, se um tumor cancerígeno começasse a se desenvolver, o próprio sistema imunológico do corpo começaria a atacá-lo imediatamente, diminuindo o crescimento do câncer ou interrompendo-o completamente.

A coisa mais próxima de uma vacina contra o câncer em humanos são as aplicadas contra HPV e Hepatite B, que bloqueiam os vírus que são conhecidos por causar câncer.

Mais informações em SO NOTICIA BOA

RECOMENDAMOS


Flores e Poesias
Textos que perfumam a alma e a vida.

COMENTÁRIOS