Um bilhete cheio pureza e solidariedade, que uma criança mandou para a professora, está emocionando seguidores nas redes sociais.

Enquanto recolhia uma pequena contribuição dos estudantes para fazer ovinhos de chocolate, na última sexta-feira, a professora Taciana Ferreira Martins que leciona para o quarto ano na Escola estadual Dona Leonina Nunes Maciel, localizada na pequena Cruzília, Sul de Minas Gerais, recebeu um bilhete com o recadinho de uma tímida garotinha.

“Ela disse “tia, lê no bilhete”. É toda tímida. Guardei o papelzinho em um canto, continuei anotando os nomes das crianças na lista. Depois, quando abri, vi aquele bilhete. Nossa, foi muito emocionante!” disse a professora.

Ela leciona há uma década e, neste ano, dá aulas para pequeninos entre oito e nove anos.

Segundo ela, a mãe da aluna contou que a menina queria levar um dinheiro a mais, mas tinha vergonha de que algum amiguinho ouvisse, foi assim que ela sugeriu que a filha entregasse o bilhete à professora.

Emocionada com o gesto de sua aluna, a professora resolveu compartilhar a experiência em sua página nas redes sociais.

Coisas simples, mas que vem do coração devem ser sempre compartilhadas, e nada melhor do que mostrar solidariedade na Páscoa (ou em qualquer data), com quem não conta com dinheiro para participar das comemorações na escola. Ensinar a ajudar, ser gentil, e acima de tudo entender as diferenças é parte do trabalho dos pais, e dos professores em sala de aula, e é mais fácil trabalhar isso desde crianças.

“Sempre falo que sou abençoada pela profissão que exerço. E mais ainda, sou abençoada por trabalhar com crianças. Esse ser puro, inocente e que me ensina mais do que eu a eles”, afirma a professora.

RECOMENDAMOS


Flores e Poesias
Textos que perfumam a alma e a vida.

COMENTÁRIOS